Desembargador Carlos Alberto França é eleito novo presidente do TJGO para o biênio 2021/2023

Desembargadores do TJGO durante participação da sessão plenária extraordinária realizada na manhã de hoje

Marília Costa e Silva

O desembargador Carlos Alberto França foi escolhido na manhã desta sexta-feira (18) para ser o novo presidente do Tribunal de Justiça de Goiás para o biênio 2021/2023. Ele disputou a eleição com o colega Carlos Escher.  França vai substituir o desembargador Walter Carlos Lemes. Na sessão de hoje também foram escolhidos Zacarias Neves Coêlho para vice-presidente e Nicomedes Borges para corregedor-geral da Justiça.

Carlos França agradeceu o apoio dos colegas. “Vocês não se arrependerão. Desde minha entrada na magistratura sempre batalhei pela Justiça e continuarei fazendo. Podem saber que poderão contar com meu esforço e empenho para engrandecer cada vez mais o judiciário. Vamos trabalhar em união com os juízes de primeiro grau. Servidores serão importantíssimos nessa jornada para continuarmos prestando serviços de excelência aos goianos. A responsabilidade é imensa. Mas a vontade e o meu esforço serão superiores e com apoio dos colegas e dos servidores vamos vencer”, falou ao fim da votação.

Desembargador Carlos Alberto França

Natural de Campina Verde (MG), Carlos França formou-se em Direito pela Universidade Federal de Goiás em 1989. Ingressou na magistratura goiana em 1990, tendo atuado, como titular, nas comarcas de Alto Paraíso de Goiás, Planaltina, Formosa e Goiânia, além de ter respondido por todas as comarcas do Nordeste goiano. De 2007 a 2009 foi 1º juiz-corregedor e diretor do foro da comarca de Goiânia. Em 2010 foi removido para o cargo de juiz substituto em segundo grau. Ainda em 2010 foi promovido, por merecimento, ao cargo de desembargador do TJGO.

Como desembargador, ele passou a compor, desde o início, a 2ª Câmara Cível. Integrou banca examinadora de concurso para provimento de cargo de juiz substituto. Foi eleito para compor o Órgão Especial, atuando naquele Colegiado, como titular, por dois biênios. Integrou também o Conselho Superior da Magistratura e foi presidente da 2ª Câmara Cível. Exerceu, ainda, os cargos de diretor da Escola Superior de Magistratura do Estado de Goiás e de vice-presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás. Atualmente compõe a Comissão de Regimento e Organização Judiciária, preside a 1ª Seção Cível do Tribunal e desempenha as funções de Ouvidor-Geral do Poder Judiciário do Estado de Goiás.

Desembargador Zacarias Neves Coelho

Vice-presidente

Natural de Tocantinópolis-TO, Zacarias Neves Coelho é formado pela UFG. Trabalhou durante oito anos no Banco do Estado de Goiás. Exerceu a advocacia. No ano de 1983 ingressou na magistratura em Goiás. Atuou nas comarcas de Cumari, Filadélfia (hoje localizada no Estado de Tocantins), Jataí e em Goiânia. Foi nomeado para o cargo de desembargador no TJGO em 2004. Exerceu a jurisdição eleitoral em todas as comarcas por onde passou. Foi Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral do TRE-GO no biênio 2018/2020.

Desembargador Nicomedes Borges

Corregedor-geral

Nicomedes Borges é natural de Itumbiara-GO. Formado em Direito pela Universidade Federal de Uberlândia-MG. Passou a integrar o TJGO, em 2013, pela vaga do Quinto Constitucional. Foi juiz classista representante dos empregadores na Junta da Conciliação e Julgamento de Itumbiara, de 1989 a 1995; membro efetivo da Comissão de Direitos Humanos da OAB e presidente da Subseção também da OAB/GO em Itumbiara, por dois mandatos consecutivos, de 2001 a 2006; e ainda compõe o quadro de escritores, artistas e intelectuais da Academia Itumbiarense de Letras e Artes – AILA, onde ocupa a cadeira número 2. Durante quatro anos, foi presidente da Saneago de Goiás S/A, de 2006 a 2010.