Inaugurado espaço com 30 bancas de conciliação permanentes para atendimento de ações dos juizados, varas cíveis e de família

O espaço é localizado junto ao Fórum Cível Heitor Moraes Fleury, no Setor Oeste, em Goiânia

A Secretaria Unificada do 1º e do 2º Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da comarca de Goiânia foi inaugurada nesta sexta-feira (9). O espaço, localizado junto ao Fórum Cível Heitor Moraes Fleury, no Setor Oeste, em Goiânia, conta com 30 bancas, sendo 26 salas de conciliação e quatro de mediação, mais amplas para comportar o maior número de participantes, principalmente nas audiências que envolvem ações da área de família. O 1º Cejusc é destinado aos juizados e varas cíveis, e o 2º Cejusc é exclusivo para varas de família e sucessões, ambos da comarca da capital.

Para a coordenadora-geral da Secretaria Unificada do 1º e 2 º Cejusc, Erika Rios Lopes, a importância do espaço é a unificação das áreas dos Cejuscs das varas cíveis e das varas de família e sucessões do 1º Grau da comarca de Goiânia com otimização e padronização das atividades, propiciando mais eficiência e eficácia na gestão de processos e de pessoas.

A centralização do processamento, de acordo com ela, permite a padronização do procedimento de trabalho, a uniformização de modelos, foco na execução de processos, especialização na execução dos trabalhos por natureza, segurança para o servidor, redução de custos para a administração, e, principalmente, maior produtividade do servidor e da unidade judiciária.

“O processo eletrônico também permite a eliminação do tempo morto do processo, o paralelismo de fases, a automação de rotinas, a interoperabilidade, a reorganização de ambientes de trabalho, a padronização de atividades e procedimentos, e a reorganização judiciária: tudo para revolucionar o Poder Judiciário Goiano”, destacou a coordenadora.