segunda, 21 de janeiro de 2019 62 9 9904-5026
Nova equipe

Procurador Sérgio Abinagem Serrano é eleito corregedor-geral do MP

Sérgio Abinagem e Altamir Vieira assinam termo de posse

Candidato único ao cargo, o procurador de Justiça Sérgio Abinagem Serrano, atualmente exercendo o cargo de subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, foi eleito na sexta-feira (14/12) corregedor-geral do Ministério Público de Goiás, em votação por aclamação do Colégio de Procuradores de Justiça. O cargo de corregedor-geral substituto será ocupado pelo procurador Altamir Rodrigues Vieira Júnior, também único inscrito e eleito, da mesma forma, por aclamação.

Corregedor-geral e corregedor-geral substituto foram empossados logo na sequência da sessão do Colégio de Procuradores, juntamente com os novos integrantes do Conselho Superior do MP. O mandato da Corregedoria é de dois anos.

Na solenidade de posse, o procurador de Justiça Abraão Júnior Miranda Coelho fez um discurso de despedida do cargo de corregedor-geral, cargo que exerceu nos últimos quatro anos (dois mandatos). Sublinhando o sentimento de dever cumprido e agradecendo a confiança depositada, ele destacou ter procurado focar sua gestão na orientação e na busca do melhor caminho, da melhora dos procedimentos. “É preciso não perder de vista que o Ministério Público deve ser o guardião de sua própria credibilidade. E essa credibilidade caminha em paralelo com a nossa relevância. Neste sentido, essa Corregedoria velou permanentemente pela integridade de nossa instituição”, sustentou.

Abraão Júnior aproveitou o momento nominalmente todos aqueles que integraram a equipe da Corregedoria-Geral nestes dois mandatos, incluindo os promotores corregedores e o grupo de servidores. “Nossos objetivos foram alcançados pelo trabalho em equipe e em harmonia”, ressaltou. Finalizou externando votos de uma gestão exitosa ao seu sucessor.

Nova equipe
Em seu discurso, o corregedor eleito aproveitou para apresentar a nova equipe de promotores corregedores, alguns deles presentes à cerimônia: pela ordem alfabética, Cássio de Sousa Lima, Keila Marluce Borges da Silva, Marísia Sobral Costa Massieux, Miryam Belle Moraes da Silva Falcão e Rubens Rosa Júnior. Sérgio Abinagem ressaltou em sua fala o propósito de implantar na sua gestão um projeto de trabalho voltado para estimular a resolutividade da atuação institucional, “sem a necessidade de estabelecer o litígio como regra”. “A resolutividade preventiva fará com que nossa instituição dedique sua energia para defesa da sociedade contra a violação de bens jurídicos de extrema relevância”, pontuou. Anunciou, neste sentido, uma atenção especial ao estágio probatório dos novos integrantes, com foco na orientação.

“Devemos demonstrar sempre que somos merecedores da confiança da sociedade. Cercados de ameaças de retirada de garantias, temos de contar com a proximidade da população. O risco de retrocesso aumenta se perdermos o apoio social. Proximidade, ação e resolutividade impedirão o retrocesso”, complementou o novo corregedor.

Presidente da Associação Goiana do MP (AGMP), José Carlos Miranda Nery Júnior fez um agradecimento ao corregedor-geral cujo mandato se encerrou e à sua equipe, pelo trato atencioso e a disposição em debater as questões institucionais, e enalteceu a disposição dos que se candidataram à Corregedoria, por se engajarem nesse desafio de atuar pelo MP. Registrou ainda um cumprimento especial a todos os membros do MP, promotores e procuradores, em razão do Dia Nacional do Ministério Público, comemorado nesta sexta-feira. Fonte: MP-GO

Comentários



Receba nosso informativo

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do portal Rota Jurídica