Projeto que integra Projudi/PJD com sistema dos Correios vai agilizar intimações e citações feitas em Goiânia

Em teste desde julho, o projeto E-cartas começa, agora, a ser utilizado em toda a comarca de Goiânia. A inovação, que consiste em integrar o Processo Judicial Digital (Projudi/PJD) com o sistema dos Correios, vai tornar mais rápido o envio de citações e intimações, bem como a indexação dos recebimentos. A metodologia faz com que as cartas cheguem ao sistema responsável pelo envio em apenas 13 segundos.

Para inserir a carta no sistema dos correios são necessários, apenas, três cliques, economizando tempo da tarefa antes manual, conforme explica o diretor de informática do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), Anderson Yagi. “O processo é automatizado e elimina-se as etapas anteriores, como digitar no computador, imprimir, dobrar, envelopar, etiquetar com destinatário e remetente, colar o envelope e mandar aos Correios. Todo esse procedimento operacional, agora, é feito pelos Correios. Tiramos do TJGO essa tarefa mecânica e demorada”.

Ganho de produtividade

Os avisos de recebimento (AR), também, foram incluídos na nova sistemática: com o E-Cartas, não é mais necessário receber a comprovação física de que o documento foi entregue, excluindo, assim, a necessidade de receber o aviso em sua forma física, fazer sua digitalização e anexá-lo ao processo.

“O sistema representa um ganho em produtividade. Antes, para enviar 100 cartas e indexar os avisos de recebimento era necessário até uma semana”, conta o diretor da Coordenadoria Judiciária do Foro de Goiânia, Thiago Borges Dutra de Castro. Em julho deste ano, o E-cartas foi usado, com sucesso, na 6ª Vara Cível e nas Varas de Família de Goiânia. Segundo o diretor de Informática, em breve a nova sistemática será expandida a todo o Estado.