Decano Marco Aurélio marca a aposentadoria do Supremo para 9 de julho

O ministro Marco Aurélio, decano do STF, marcou sua aposentadoria da Corte para o dia 9 de julho, três dias antes da data limite para a aposentadoria compulsória, quando completa 75 anos. As informações foram divulgadas pela CNN.

O ministro afirmou que não quis correr o risco de perder reajustes para fins de cálculo da aposentadoria, uma vez que há entendimentos diversos sobre a compulsória garantir ao magistrado a paridade de proventos e subsídios.

“Simplesmente porque há quem veja chifre na cabeça de cavalo. Eu marcharia para a compulsória. Mas devemos ter cautela. Cautela, caldo de galinha, canja não fazem mal a ninguém. Mas acredito que tenha crédito porque poderia ter me aposentado aos 52 anos de idade”, disse à CNN.

Nomeação em 1990

Marco Aurélio nasceu no Rio de Janeiro em 12 de julho de 1946. Ele foi empossado ministro do STF em 13 de junho de 1990, tendo sido nomeado pelo então presidente da República Fernando Collor de Mello, seu primo.