TRT de Goiás alerta sobre golpe relacionado a pagamentos de precatórios

Alguns regionais trabalhistas têm recebido denúncias sobre um novo golpe realizado por meio do envio de mensagens de Whatsapp para supostos credores de precatórios na Justiça do Trabalho.

Ao fazer o contato, o golpista se apresenta como advogado da parte, anuncia o pagamento do precatório e diz que, para obter uma “Declaração Anual de Isenção de Imposto de Renda”, é necessário o pagamento de custas. Em alguns casos, o golpista também envia uma foto da secretaria de uma vara do trabalho. Isso para convencer a vítima de que ele está em suas dependências e precisa fazer o recolhimento do valor naquele momento.

A Justiça do Trabalho esclarece que não existe cobrança de qualquer taxa para o pagamento de precatórios. Tampouco fornece qualquer certidão ou cobra taxas para obtenção de documento dessa natureza. E também sugere que os advogados alertem seus clientes sobre a existência desse golpe, prestando-lhes a devida orientação.

A instituição também lamenta o fato de criminosos aproveitarem eventual vulnerabilidade financeira das pessoas neste contexto de crise causado pela pandemia para aplicar golpes.

Em caso de dúvidas, acesse a subpágina de Precatórios do TRT de Goiás pelo endereço www.trt18.jus.br/portal/servicos/consultas/precatorios/. Ou entre em contato com o Juízo Auxiliar de Execução, unidade responsável pelo controle dos precatórios judiciais, pelos telefones (62) 3222-5548/5342 ou e-mail [email protected]