Direito do Trabalho em tempos de crise é tema de congresso do IGT

O Instituto Goiano de Direito do Trabalho (IGT) inicia, nesta quarta-feira (8), a 22ª edição do Congresso Goiano de Direito e Processo do Trabalho (Congresso do IGT), no auditório da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego). Em parceria com a Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região (Amatra 18) e o Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18), o evento este ano tem como tema o Direito do Trabalho em Tempos de Crise.

A entrega de credenciais começará às 17 horas e, em seguida, às 18h30, a presidente do IGT, Carla Zanini, dará as boas-vindas aos participantes na sessão solene de abertura, ao lado do presidente da Amatra 18, Luciano Santana Crispim, e do presidente do TRT-18, Aldon do Vale Alves Taglialegna. Após as explanações, às 18h45, terá início a homenagem ao juiz do trabalho Rodolfo Mário Veiga Pamplona Filho. Magistrado desde os 23 anos, ele ainda leciona na Universidade Federal da Bahia, e, em 1999, passou a ser membro da Academia Brasileira de Direito do Trabalho.

O homenageado ministrará a palestra de abertura, às 19h30, e discutirá o tema desta 22ª edição: o Direito do Trabalho em Tempos de Crise. O evento prossegue sua programação até sexta-feira, 10. As vagas para a participação são limitadas e as inscrições são realizadas exclusivamente via internet, por meio do site goeventos.com.br/igt/22congresso. Para mais informações, basta entrar em contato pelo telefone 62 3215 2649, pelo e-mail [email protected] ou acessar o site www.igt.org.br.

Confira a programação completa:

DIA 08 de junho – Quarta-feira

17h00

Entrega de Credenciais

18h30

Sessão Solene de Abertura

18h45

Homenagem ao Juiz do Trabalho Rodolfo Mário Veiga Pamplona Filho

19h30

Palestra de abertura- Direito do Trabalho em tempos de Crise

Rodolfo Mário Veiga Pamplona Filho – Juiz do Trabalho (BA)

21h00

Encerramento das atividades do dia

DIA 09 de junho – Quinta-feira

09h00

A Sistemática dos recursos repetitivos

Bento Herculano Duarte Neto – Desembargador do Trabalho (RN)

10h30

O papel do Direito na Proteção aos Trabalhadores em Tempo de Crise

Valdete Souto Severo – Juíza do Trabalho (RS)

12h00 às 13h30

Intervalo

14h00

Autonomia e Instrumentalidade do Processo do Trabalho à luz do Novo CPC

Cleber Martins Sales – Juiz do Trabalho (GO)

15h15

Os limites da responsabilidade dos sócios e diretores estatutários pelo crédito trabalhista em época de crise – caso prático: Operação Lavajato.

Adriana Calvo – Advogada (SP)

16h30

Intervalo

17h00

O papel da Organização Internacional do Trabalho em tempo de crise

Abel Ferreira Lopes Filho – Auditor Fiscal do Trabalho

18h15

Encerramento das atividades do dia

DIA 10 de junho – Sexta-feira

09h00

Negociação Coletiva em Tempos de Crise

Nelson Mannrich – Advogado (SP)

10h15

Os meios adequados de soluções de conflitos no Novo CPC e impactos no Processo do Trabalho.

Rogério Neiva Pinheiro- Juiz do Trabalho (DF)

12h00 às 13h30

Intervalo

14h00

Crise econômica: reflexão sobre a banalização da exploração

Ministra Kátia Magalhaes Arruda – Ministra do TST

15h15

Painel – A jurisprudência do TST após o Novo CPC

Fabiano Coelho de Souza Juiz do Trabalho (DF)

Rafael Lara Martins Advogado (GO)