Vida intelectual e carreira profissional são tema da primeira edição do Podcast do GMPR Advogados

Marília Costa e Silva

A banca GMPR Advogados lançou nesta sexta-feira (14), nas principais plataformas digitais, a primeira edição do podcast GMPR Cast, que tem como temática Vida Intelectual e Carreira Profissional. Nela, o advogado Artur Siqueira conversa com três outros sócios-fundadores: Lúcio Flávio de Paiva, Marcos César Gonçalves de Oliveira e Carlos Márcio Rissi Macedo. Eles apresentam um pouco da história e evolução do escritório, que tem sede Rua 99, no Setor Sul, em Goiânia. O podcast está disponível aqui

Em uma atmosfera descontraída, surgiram reflexões sobre vida intelectual e carreira profissional, e o quanto esses fatores são determinantes na construção da carreira do advogado principalmente para os iniciantes. O programa foi gravado durante a tradicional charutada do GMPR Advogados, sempre acompanhada de bons drinks e crônicas divertidas. Todos os sábados, 20 ou 30 confrades, não só da banca mas de outros escritórios, se encontram para conversas simples, que acabam evoluindo para discussões acadêmicas e até profissionais.

A primeira edição do podcast começa com Lúcio Flávio falando sobre as dificuldades de quem inicia na carreira. Ele fala que a advocacia vive um momento desafiador. “Os mais jovens perguntam-se se o mercado tem espaço para todos. O Brasil ampliou o modelo de mais vagas nas universidades, com grande quantidade de bacharéis de Direito. E agora estes não sabem se têm lugar para si”, afirma Lúcio Flávio, que também preside da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Goiás.

Já Carlos Márcio inicia e leva os colegas a falarem das suas vivência profissionais não só no escritório, mas suas experiências em sala de aula, já que todos são também são professores universitários. “A advocacia complementa a docência e a docência complementa a advocacia”, opina Lúcio Flávio. Marcos César, por sua vez, admite que durante todo o período de faculdade, não conseguia apresentar trabalho oral, pois tinha problema de falar em público. “Mas com o início da docência ganhei esse traquejo de falar em público. A sala de aula ajuda na advocacia”, assegura.