segunda, 21 de janeiro de 2019 62 9 9904-5026
Troca partidária

TJGO entende que ação do PT contra Karlos Cabral deve ir para a Justiça Eleitoral

O deputado Karlos Cabral (PDT) subiu à tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (17),  para celebrar vitória dele na Justiça comum contra o Partido dos Trabalhadores, que reivindicava o seu mandato de parlamentar após trocas partidárias.

Segundo Karlos Cabral, o Tribunal de Justiça, por unanimidade, decidiu que não analisaria o mértito, e que o mesmo fosse remetido ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ele explicou a mudança de sigla para o PDT foi feita dentro das janelas partidárias e que a outra, para a Rede, foi feita quando ainda não existia a questão da fidelidade partidária. E que, após obter reverso na Justiça Eleitoral, o PT resolveu levar a ação para o Tribunal de Justiça. O parlamentar esclareceu ainda que o PT questionou na ação o último ato de posse dele na Assembleia Legislativa.

“Estou aqui hoje celebrando essa justa decisão. Eu vinha sendo questionado por colegas e eleitores, mas não poderia deixar de me manifestar quando esta questão estivesse definida. Tenho laços com o PT e grandes amigos no partido, além de assinar embaixo em todos os discursos da oposição aqui na Casa”, declarou.

Comentários



Receba nosso informativo

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do portal Rota Jurídica