Segundo lote de inscrições para 3º Congresso de Direito Imobiliário e Urbanístico estará disponível até dia 3

Diego Amaral, presidente da CDIU, durante segunda edição do evento

A Comissão de Direito Imobiliário e Urbanístico da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás em parceria com a Escola Superior de Advocacia (ESA-GO) promove, nos dias 4 e 5 de outubro, no auditório do Privé Riviera Park Hotel, em Caldas Novas, o 3º Congresso de Direito Imobiliário e Urbanístico. O presidente da CDIU, Diego Amaral, ressalta que o evento já está consolidado no calendário de eventos jurídicos do país e a expectativa é reunir cerca de 500 advogados, escritórios jurídicos, empresários, investidores, construtores, incorporadores, loteadores, proprietários de terrenos, imobiliárias, corretores de imóveis, estudantes, entre outros interessados.

As inscrições para o evento estão no segundo lote e podem ser feitas aqui até o dia 3 de outubro no valor de R$ 700, que inclui inscrição no congresso e hospedagem (pagamento à vista no boleto ou no cartão de crédito), e R$ 450 apenas inscrição para o congresso, que vai abordar temas atuais e polêmicos do Direito Imobiliário como AIRBNB e demais ferramentas para locação de imóveis: aspectos polêmicos (proibições dos condomínios, natureza jurídica); arbitragem e perícia nos conflitos envolvendo vícios construtivos; os desafios da Due Diligence Imobiliária: as cautelas para compra de imóveis e a Lei da Concentração dos Atos na Matrícula.

Palestrantes

Fausto Martin De Sanctis é um dos palestrantes do evento

Profissionais renomados do ramo compõem o grupo de palestrantes, como a jornalista e comentarista de política e economia na Globonews, Natuza Nery, que fará a primeira exposição com o tema “Economia Brasileira e o Cenário imobiliário”. Fausto Martin De Sanctis, desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 3 Região, especializado em legislação de combate ao crime de lavagem de dinheiro (branqueamento de capitais) e crimes do colarinho branco, vai palestrar sobre “Os caminhos da justiça no Brasil: A Operação Lava-jato e seus impactos na corrupção política e consequência no mercado imobiliário”.

Já o advogado paulista, autor de obras sobre Direito Imobiliário, Luiz Antônio Scavone Júnior, vai abordar “A corretagem e a intermediação imobiliária através dos meios eletrônicos: a atual configuração da relação entre o corretor e as partes do negócio imobiliário na sociedade da informação”. O presidente da CDIU e conselheiro seccional da OAB-GO, Diego Amaral, por sua vez, vai discutir os “Aspectos controvertidos da Lei 13.786/18: As dúvidas ainda frequentes após as alterações na incorporação imobiliária e nos loteamentos”. Com informações da OAB-GO