Prefeito de Aparecida permite reabertura de escritórios de advocacia com atendimento agendado

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha Melo, permitiu a reabertura dos escritórios de advocacia para atendimento presencial de clientes. A novidade consta do Artigo 7º, da Portaria 019/2020, que estipula que os escritórios de profissionais liberais poderão funcionar, devendo o horário de atendimento ser agendado previamente e um atendimento por vez. Confira a portaria

Na capital, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás enviou, na segunda-feira (20), requerimento formal ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), solicitando a permissão para que os advogados possam receber presencialmente os clientes nos escritórios. Conforme o documento, os advogados consideram rigorosíssimas as medidas de isolamento impostas à atividade da advocacia, que ainda se encontra impedida de atender seus constituintes nos escritórios.

Foi frisado no documento que, apesar da OAB-GO ter deixado voluntariamente de se manifestar sobre a pandemia por entender ser este assunto pertinente apenas às autoridades sanitárias, assim confiando no bom-senso e na boa-fé governamentais, entende que a maioria das áreas de atuação da advocacia, à exemplo do Direito de Família, o atendimento do advogado guarda indiscutível pessoalidade e interação com o cidadão jurisdicionado, que tem tido carga redobrada de sofrimento na distância social.