CCJ aprova matéria que concede promoção post mortem ao militar que faleça em decorrência da Covid-19

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa de Goiás aprovou, nessa quinta-feira (27), o parecer favorável do deputado Major Araújo (PSL) à propositura de nº 3554/20, de autoria do deputado Coronel Adailton (Progressistas). A matéria concede promoção post mortem ao militar da ativa integrante da Polícia Militar (PM-GO) ou do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-GO), oficial ou praça, falecido ou que venha a óbito em decorrência da Covid-19.

A proposição prevê, ainda, que a promoção de que trata esta lei será concedida ao posto ou à graduação imediatamente superior àquela ocupada pelo militar à época do seu falecimento, independente de processo de sindicância e estudo de impacto financeiro. Por sua vez, os praças serão promovidos por ato de seus respectivos comandantes-gerais e, os oficiais, por ato do governador.

“Vale destacar que a promoção post mortem é aquela que significa o reconhecimento do Estado ao militar falecido no cumprimento do dever ou em consequência disso, ou que se destina a reconhecer, em favor do militar, direito a promoção não efetivada por motivo de óbito”, ressalta o propositor.

O projeto agora será encaminhado ao Plenário da Casa, onde deverá ser deliberado em duas fases de votação. Se aprovada nessas etapas, a matéria estará apta a ser sancionada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM). Fonte: Agência Assembleia de Notícias