Instituto Cristão do Direito reinicia atividades e promete eventos on-line com juristas renomados

O Instituto Cristão do Direito (ICD) realizou, no dia 14 passado, sua primeira reunião em 2021. Na oportunidade, foi reiterada a promessa de resgate dos valores que orientam a sociedade brasileira, como família, honestidade, ética e fé.

O Instituto é formado por profissionais do Direito das mais diversas categorias, advogados, promotores de Justiça, magistrados, professores e servidores públicos. Todos possuem em comum o Cristianismo como razão de vida e fé.

Um dos organizadores do ICD, Cícero Goulart, avisa que, em breve, serão realizados eventos com a participação de nomes como o jurista Ives Gandra Martins. Também devem estar presentes o desembargador William Douglas e o professor Jean-Marie Lambert. Serão palestras, lives e encontros virtuais com objetivo de edificar a moral cristã, alinhando a paixão ao estudo a aplicação do Direito.

Engajamento

“Realmente, é surpreendente ver o engajamento de profissionais de renome das diversas áreas e funções do Direito, membros do Instituto. Eles se dispõem a colaborar nas várias pautas altruístas que devem permear a sociedade brasileira”, diz Goulart.

Ele conta que, neste ano, o ICD, criado em 2015 em Goiânia, promoverá reuniões quinzenais para a promoção das “grandes realizações idealizadas até dezembro”.