Homicídio de vulnerável pode ser enquadrado como crime hediondo, prevê projeto