A partir de hoje, Certidões de óbito podem ser emitidas em qualquer Cartório de Registro Civil de Goiânia

Em razão da grande procura pela emissão de registros de óbito nos cartórios da capital goiana em virtude da pandemia da Covid-19, a partir desta quinta-feira (25), o documento poderá ser emitido em qualquer Cartório de Registro Civil de Goiânia. Desta forma, o rodízio realizado entre as serventias para os registros de óbito, conforme acordado entre a Corregedoria e os cartorários em 2014, fica restrito ao plantão noturno, fins de semana e feriados. A novidade valerá por 180 dias.

A deliberação foi tomada na tarde desta quarta-feira (24) em reunião conjunta da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás e representantes dos Cartórios de Registros Civil de Goiânia. A decisão visa evitar aglomerações de qualquer natureza e dar celeridade à entrega das certidões de óbito.

Alternativas

Para o juiz Ricardo Silveira, especialmente diante do contexto pandêmico, é preciso ter sensibilidade e buscar alternativas para aliviar o sofrimento de todos aqueles que perderam entes queridos para o novo coronavírus. Bem como para combater a disseminação da doença mantendo o distanciamento social e impedindo tumultos e aglomerações, principalmente nas portas dos cartórios.

“A Corregedoria está sensível e atenta para os problemas surgidos com a pandemia e buscamos sempre o diálogo e a atuação conjunta para dar resolutividade a questões como essa que afetam toda a sociedade”, ressaltou o magistrado.

Também participaram da reunião Sérgio Dias dos Santos Júnior, diretor de Correição e Serviços de Apoio da corregedoria; Ubiratan Alves Barros, assessor de Orientação e Correição;lém dos cartorários Bruno Quintiliano, presidente da Arpen-GO; Mateus da Silva, do 1º Registro Civil de Pessoas Naturais (RCPN); Antônio do Prado, do 2º RCPN; Rômulo Filizzola Nogueira, do 3º RCPN; e Murillo Cortizo Vidal, do 4º RCPN.