CCJ do Senado realizada sabatina da procuradora de Goiás indicada para compor CNJ

Ivana Fariana recebeu 22 votos

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal realizará nesta terça-feira (18/6), às 10 horas, reunião ordinária para arguição pública da procuradora de Justiça de Goiás Ivana Farina Navarrete Pena e deliberação, em votação secreta, sobre a sua indicação pela Procuradoria-Geral da República (PGR) para ocupar a vaga representativa dos Ministérios Públicos estaduais no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Atualmente, Ivana é secretária de Direitos Humanos e Defesa Coletiva no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Ivana Farina foi indicada para a vaga pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a partir de uma lista tríplice formada pelo Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Justiça dos Ministérios Públicos dos Estados e da União (CNPG), na qual foi a mais votada. Dos 25 votantes do CNPG, Ivana obteve 22 votos. A secretária do CNMP foi procuradora-geral de Justiça de Goiás por dois mandatos e foi a primeira mulher a presidir o CNPG, em 2000.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é uma instituição pública que visa aperfeiçoar o trabalho do sistema judiciário brasileiro, principalmente no que diz respeito ao controle e à transparência administrativa e processual. Ele é composto de 15 membros, com mandato de dois anos, admitida uma recondução.