11ª Vara do Trabalho inaugura projeto-piloto para atender partes e advogados pelo WhatsApp

O Tribunal Regional do Trabalho de Goiás (TRT-GO) está testando mais um canal de comunicação com as partes e advogados que possibilita a solicitação de informações processuais sem a necessidade de comparecimento à Vara do Trabalho. O projeto experimental entrou em funcionamento na 11ª Vara do Trabalho de Goiânia, que está divulgando o número de “WhatsApp Business” (62) 3222-5503, destinado a atender advogados e partes que têm processos tramitando na unidade. Para solicitar atendimento relacionado a processos na 11ª Vara do Trabalho, basta adicionar esse número aos contatos telefônicos e acessá-lo pelo aplicativo WhatsApp. O número é fixo, mas atende pelo aplicativo.

O projeto tem o apoio da Secretaria-Geral Judiciária e, passada a fase de testes, poderá se expandir para as demais Varas da capital e do interior, após análise de sua viabilidade pela Administração do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região .

O diretor da 11ª VT de Goiânia, Faustto Rocha, comentou que o atendimento via WhatsApp facilita o pedido de informações de advogados e partes à Vara, já que o atendimento é rápido, eficiente e dispensa o custo de uma ligação telefônica. Além disso, o diretor destacou a vantagem de não haver chamadas perdidas pelo fato de as mensagens ficarem registradas no aparelho de ambos os interlocutores. “Isso permite à Vara coordenar os atendimentos, com rotinas para análise das solicitações e respectivas respostas, e fazer o acompanhamento de cada caso até a sua completa solução”, explicou o diretor, mencionando ainda que os atendimentos são organizados por etiquetas coloridas que sinalizam quando o atendimento ainda está pendente ou já foi finalizado.

Faustto Rocha explicou que o projeto-piloto, em funcionamento há quase 20 dias, já dá sinais de melhorias nos atendimentos. “A troca de informações é mais rica, pois permite que sejam enviados e recebidos arquivos, tais como fotos das peças do processo com marcações de onde há alguma dúvida, dentre outros. Isso dinamiza a comunicação, tornando-a clara, objetiva e eficiente. O nível de satisfação das pessoas atendidas tem sido motivador”, relatou.

A assistente contábil Lorrany Mondalvão, que tem um processo tramitando na 11ª VT de Goiânia, também aderiu a essa forma de comunicação. Na opinião dela, o atendimento via WhatsApp é rápido, poupa tempo e ainda vem com um diferencial do excelente tratamento recebido. “Além de resolver nossos problemas, os servidores são bastante atenciosos e prestativos. Com certeza vai ajudar muitas pessoas nesse período de pandemia, já que você consegue resolver tudo na palma da mão!”, afirmou. Essa também é a opinião do trabalhador Marcus Vinícius Mendes, que atua no ramo de produtos para panificação. Ele aprovou a ferramenta e relatou que obteve respostas rápidas quanto às dúvidas sobre o andamento de seu processo na Justiça do Trabalho.

Testes
O advogado trabalhista Rick Braga disse que se surpreendeu ao ser convidado para experimentar o projeto-piloto e já divulgou a novidade para os seus colegas. “Foi uma alegria imensa saber que a 11ª Vara do Trabalho de Goiânia agora tem uma ferramenta à nossa disposição, com um interlocutor direto com os advogados, podendo ouvi-los e atendê-los da melhor forma possível”, disse.

Outra advogada, Juliana Santiago Teixeira, também já começou a utilizar essa forma de contato com a 11ª Vara do Trabalho e disse estar encantada com a eficiência, agilidade e presteza na comunicação. “Estamos vivendo em tempos que a utilização da tecnologia se torna essencial para o nosso trabalho e cotidiano e, na minha opinião, o sistema via WhatsApp é uma atualização sensacional que diminui gasto de tempo e se torna eficaz a comunicação”, destacou.