OAB-GO dá início à coleta de sangue com presença de jogadores de futebol‏

A OAB-GO terá, na terça-feira (3), das 9h às 16h, um posto móvel de coleta de sangue do Hemocentro em frente à sede administrativa. O goleiro Harlei (foto), do Goiás, os jogadores atleticanos Juninho e Márcio foram convidados para participar. A diretoria do Vila Nova informou que, devido às férias, não poderá participar.

A ação faz parte da Campanha OAB-GO de Doação de Sangue lançada na segunda-feira (25), Dia Mundial do Doador. A seccional convida cada um de seus quase 25 mil inscritos e a sociedade a participarem da campanha, valorizando o papel do advogado na sociedade e defendendo o direito à vida.

Os requisitos básicos para ser um doador são: estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos; pesar no mínimo 50 quilos; estar descansado e alimentado; apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial.

No lançamento da Campanha, o ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux afirmou que “é de uma beleza singular essa campanha da OAB-GO. Pra mim é uma honra estar aqui no momento em que a Ordem faz o lançamento dessa iniciativa tão importante”.

Doação
No Brasil, a cada 2 minutos, uma pessoa precisa de uma transfusão de sangue, e apenas cerca de 1,5% da população brasileira é doadora. Cada bolsa de sangue pode salvar até quatro pessoas e o processo de doação dura cerca de 1 hora.

Um homem pode doar sangue a cada 60 dias, ou seja, até quatro vezes por ano. Já para as mulheres é recomendado intervalo de 90 dias, sendo até três doações em 12 meses. Entre os doadores, 75% pertencem às classes C e D e 78% são homens.