Juiz membro do TRE-GO, Vicente Lopes da Rocha Júnior é eleito por aclamação para presidir o Copeje

Presidente do COPEJE Vicente Lopes ladeado pelo secretário-geral Arthur Fialho e a vice-presidente Cristiane Frota

Marília Costa e Silva

O juiz-membro do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Vicente Lopes da Rocha Júnior, foi eleito para presidir o Colégio Permanente de Juristas da Justiça Eleitoral. A eleição dos novos dirigentes ocorreu por aclamação durante o VII Encontro Nacional do Copeje, que teve início na segunda-feira (14) e terminou nessa terça-feira (15), na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF). O evento foi realizado de forma mista, ou seja, com participações presenciais e remotas.

Vicente Lopes ocupará a presidência nacional da entidade no biênio 2021/2022 em substituição ao desembargador Telson Luís Cavalcante Ferreira, que foi criador e fundador do Copeje e esteve à frente do Colégio de Juristas de Tribunais Eleitorais por dois biênios. A vice-presidente é Cristiane Frota, do TRE do Rio de Janeiro. Já o secretário-geral é Arthur Fialho, do TRE da Paraíba. Veja abaixo a lista completa dos novos integrantes.

Primeiro goiano no cargo

Esta é a primeira vez que um goiano assume a presidência nacional da entidade, que conta com mais de 180 advogados/juízes, integrantes das cortes eleitorais e ex-integrantes. Ela foi fundada em 18 de novembro de 2016 e tem, entre seus objetivos institucionais, a realização de encontros nacionais de juristas com a finalidade de promover o debate acadêmico entre os membros da Justiça Eleitoral. Os eventos contam sempre com a participação de doutrinadores e juristas, para atualizar e difundir o conhecimento jurídico e estimular o relacionamento entre os ministros e juízes eleitorais, buscando a socialização do conhecimento na área do Direito Eleitoral, em todos os estados da Federação, visando a integração.

A eleição para a presidência do Copeje ocorre após Vicente Lopes ter sido reconduzido pelo presidente da República Jair Bolsonaro para mais dois anos no cargo de juiz titular em vaga reservada a juristas no TRE-GO. A nomeação foi feita pessoalmente por Bolsonaro, na segunda-feira, perante mais de 50 juízes eleitorais da classe dos advogados de todo País, presidentes de TREs e ministros do Superior Tribunal Eleitoral que participavam da entrega de medalhas do Copeje.

Trajetória

Vicente Lopes atualmente é diretor da Escola Judiciária Eleitoral de Goiás. A EJE tem como objetivo inscupildo em seu ato constitutivo a capacitação, o aprimoramento e a atualização dos magistrados, membros do Ministério Público, servidores da Justiça Eleitoral e demais operadores do Direito Eleitoral, primando pela eficiência e qualidade. Além disso, a escola tem como meta trabalhar pela conscientização do cidadão, para o exercício do voto livre e isento de fraudes. Cabe à EJE a realização do Programa Eleitor do Futuro em escolas públicas.

Antes de assumir a EJE, em julho passado, Vicente Lopes já tinha ocupado o cargo de Ouvidor da Justiça Eleitoral desde fevereiro de 2019. Mas antes, disso, em 2015, ele passou a compor o Tribunal Pleno como Juiz-Membro Substituto, tendo sido reconduzido em 2017. Em novembro de 2018, tomou posse como Juiz-Membro Titular.

Nova Diretoria Nacional

Presidente – Vicente Lopes (TRE/GO)
Vice-Presidente – Cristiane Frota (TRE/RJ)
Secretário-Geral – Arthur Fialho (TRE/PB)
Vice-Presidente Região Norte – Ângela Haonat (TRE/TO) e Giselle Pascarelli (TRE/AM)
Vice-Presidente Região Nordeste – Karina Canguçu (TRE/BA) e Fernando Jales (TRE/RN)
Vice-Presidente Região Centro-Oeste – Renato Leal (TRE/DF) e Bruno Martins (TRE/ DF)
Vice-Presidente Região Sul – Thiago Paiva (TRE/PR) e Silvio Morais (TRE/RS)
Vice-Presidente Região Sudeste – Luciana Nepomuceno (TRE/MG) e Rodrigo Judice (TRE/ES)