Servidores do Judiciário podem se inscrever para relotação em outras unidades judiciárias

Começa na segunda-feira (20) e vai até 10 de fevereiro, o 5º Processo Seletivo Simplificado de Relotação destinado aos servidores da Área Judiciária e da Área de Apoio Judiciário e Administrativo do Poder Judiciário goiano. O Edital 001/2020, assinado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Walter Carlos Lemes, foi publicado nesta sexta-feira (17), no Diário da Justiça Eletrônico, Edição n° 2911 – Suplemento – Seção I.

Conforme o edital, caso ocorra eventual desistência, deverá ser comunicada à Diretoria de Recursos Humanos, mediante preenchimento de solicitação, em módulo próprio, do sistema informatizado disponibilizado na intranet, que ficará disponível no prazo de três dias, a contar da data da divulgação do resultado preliminar, sem prejuízo das demais normas procedimentais previstas no respectivo edital.

Consta ainda que o servidor relotado tem o prazo improrrogável de até 15 dias para entrar em exercício na nova unidade judiciária, conforme artigo 35, XVIII, da Lei nº 10.460/88, contados a partir da publicação do respectivo decreto. “A relotação não implica a manutenção de cargo comissionado ou função por encargo de confiança eventualmente ocupados na origem, bem como não será devido o pagamento de verbas indenizatórias de qualquer natureza”, frisa. Informações pelos telefones (62) 3216-2751/2257, (62) 3216-2715 e (62) 3216-2190.