Juíza manda soltar estudante de Direito acusada de extorsão por meio de sites de relacionamento

A juíza Flávia Pinheiro Brandão Oliveira mandou soltar uma estudante de Direito que havia sido presa suspeita de extorquir usuários em sites de relacionamentos na internet. Apesar da liberdade, a jovem não pode mudar do endereço, em Anápolis, apresentado por ela sem comunicar à Justiça.

Segundo o delegado Giancarlos Zuliani Júnior, ela foi solta provisoriamente, mas segue investigada. Em depoimento na delegacia, negou o crime, mas admitiu que o número do telefone usado na extorsão é o dela. Porém, não soube explicar como o telefone foi usado.

A jovem foi presa em flagrante na tarde da última quinta-feira (29), por uma equipe da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) de Brasília. Segundo a polícia, ela foi detida cinco horas após uma vítima do DF procurar à delegacia. Segundo o Giancarlo, ela chegou a cobrar R$ 40 mil para não revelar conversas e fotos íntimas de um homem casado com quem marcou encontro para conhecidos.