Vários diretores da Casag participaram de comissões da OAB-GO

Tomaram posse, na tarde desta quinta-feira (14), 70 diretorias de comissões da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO). A solenidade foi realizada no auditório Eli Alves Forte, no Setor Marista – Goiânia e reuniu advogados e advogadas de todo o Estado.

Entre os advogados que tomaram posse, o diretor-adjunto da Caixa, Ponciano Martins Souto, assumiu a Comissão de Direito Institucional e Legislação (CDCL). A função dessa pasta é, entre outras, organizar índices de legislação, doutrina e jurisprudência, realizar e estimular estudos jurídicos, organizar e estabelecer comunicação, por meio da informática, com os órgãos legislativos e judiciários, entre outras atribuições.

Segundo Ponciano, a CDLC não poupará esforços para aprimorar o auxílio oferecido pela comissão. “Buscaremos a melhoria da prestação jurisdicional. Uma jurisdição célere, justa e efetiva em prol da cidadania goiana”, afirmou Ponciano.

Outro membro da diretoria da Caixa de Assistência, que tomou posse na tarde desta quinta-feira, foi o advogado Victor Gustavo Lobo Cortez Amado, também diretor-adjunto da CASAG. Ele se mantém como presidente da Comissão de Direito Desportivo (CDD).

Membros de oito comissões já haviam sido empossados, entre elas, a Comissão de Direitos e Prerrogativas (CDP), presidida pelo advogado David Soares da Costa Júnior, vice-presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag). O advogado declarou que continuará trabalhando em busca dos anseios classe. “Nosso compromisso não é simples. É árduo e trabalhoso. Mas iremos tomar todas as medidas necessárias para preservar e garantir os direitos e prerrogativas profissionais, além do livre exercício da advocacia”, reforçou no evento de ontem.

A CDP tem como objetivo assistir a qualquer membro da OAB-GO que esteja sofrendo ameaça ou violação aos direitos e prerrogativas no exercício profissional, apreciar casos de representações ou queixas referentes a ameaças, apreciar pedidos de desagravo público aos inscritos na Ordem, entre outras considerações.

Para o presidente da Casag, Rodolfo Otávio Mota é motivo de alegria ter três membros da diretoria da Caixa presidindo comissões na Ordem. “Estou certo de que o presidente Lúcio Flávio está colocando em boas mãos cada uma das comissões para que possamos manter sempre o bom diálogo que temos com todas as áreas. Estou ciente de que cada uma dessas decisões foi amplamente discutida e cada um dos nomes é o melhor para cada comissão”, disse.

Liderança

Rodolfo reforçou ainda que, na composição da diretoria das comissões, estão centenas dos mais seletos advogados e advogadas goianos e que vão desempenhar, agora mais do que nunca, papel de elevada importância, exercendo liderança, buscando aproximar a instituição da comunidade e vigiando para que os direitos dos advogados, advogadas e da população sejam ainda mais respeitados.

O presidente da OAB-GO, Lucio Flávio Siqueira de Paiva, disse que espera três coisas dos novos membros empossados: “Trabalho, honestidade e humildade”. Ele observou que esse é um tripé heterogêneo, com suas diferenças naturais, mas que em um tripé só existe espaço para cooperação.

“Isso demanda que todos tenhamos humildade não somente para com os dirigentes, diretores e conselheiros de ordem. Espero que não tragam disputas de espaço e rivalidade. Só existe uma coisa que importa, a Ordem e somos servidores dessa causa maior. Estamos aqui pra servir e não para nós servir da Ordem. Sempre, todo dia, durante esses três anos, vamos trabalhar, porque só assim é que conseguiremos os resultados que esperamos para nós, para a advocacia e para a sociedade”.