Atendendo pedido da Abracrim, é instalada Comissão Interna dos Diretos Humanos da Administração Penitenciária

Marília Costa e Silva

Foi instalada, nesta sexta-feira (12), durante solenidade realizada na Escola Superior de Administração Penitenciária (Esap), a Comissão Interna dos Diretos Humanos da Administração Penitenciária do Estado de Goiás (Cidhap/GO). Ela atuará em parceria com a Associação dos Servidores do Sistema Prisional do Estado (Aspego) e Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal de Goiás (Sinsep) em defesa de todos os agentes prisionais goianos. A criação da Cidhap/GO atendeu sugestão feita pela Comissão de Proteção aos Direitos Humanos da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas em Goiás (Abracrim-GO), presidida pela advogada Lorena Ayres.

“É importante que o servidor entenda que ele também é lembrado, que há uma comissão que zela pelos seus direitos e garantias. Nós possuímos, no Estado de Goiás, a melhor mão de obra do sistema penitenciário brasileiro. O nosso servidor é preocupado, é qualificado”, afirmou o diretor-geral da DGAP, coronel Wellington Urzêda, durante a solenidade.

Membros da Abracrim-GO e outros participantes da solenidade de instalação da comissão

Já a Abracrim-GO, segundo o advogado que preside a instituição, Alex Neder, esforça-se para que em sua existência haja a promoção dos valores dos direitos fundamentais, humanos e o Estado Democrático de Direito, tendo como uma de suas finalidades participar e estimular debates e buscar soluções para os problemas de questões sociais, visando melhores condições para a execução da Justiça pelo Judiciário, Ministério Público, advocacia e o sistema carcerário.

“A criação desta comissão é o primeiro passo para efetivar a relação respeitosa de uma das profissões mais insalubres e arriscadas. A Abracrim agradece ao Estado de Goiás, representado pelo Diretor Geral da DGAP, Cel. Wellington Urzêda por referendar a criação da Comissão Interna dos Direitos Humanos da Administração Penitenciária do Estado de Goiás, abarcada pelas entidades ASPEGO e SINSEP, reconhecendo que os diálogos com as diversas frentes que atuam para fortalecimento da justiça merecem ser preservados e caminharem juntos”, afirmou Alex Neder.

Já a presidente da Comissão de Direitos Humanos da Abracrim destacou o trabalho da Abracrim e o apoio recebido do presidente Alex Neder, “que é exemplo de gestão e trabalho para nós advogados, sempre em parceria com os órgãos estatais, pra garantir os direitos de cada ser humano, do agente prisional com base na dignidade da pessoa humana e outros”.

Além do Coronel Urzeda, Alex Neder e Lorena Ayres, participaram da solenidade de instalação da Cidhap/GO) o Diretor-Geral Adjunto, Agnaldo Augusto da Cruz; o Presidente da Associação da ASPEGO, Jorimar Antônio Bastos Filho; o presidente do Sinsep, Maxsuell Miranda das Neves; o bispo Manoel Gonzáles, um dos responsáveis pelo trabalho espiritual e socioeducativo, realizado através do Programa Social Universal nos Presídios (UNP), da Igreja Universal do Reino de Deus; do diretor da unidade prisional do município de Orizona, Fabrício Bonfim; o secretário geral da Abracrim, Thiago Marçal; o secretário geral da Comissão de Prerrogativas da Abracrim, Renato Leandro Felipe, e a ouvidora Estadual da
Abracrim, Luciana Valle; servidores dos sistemas prisionais e expoentes da sociedade goiana.