Reverenciado pelas petições manuscritas, o advogado Osair Roque de Brito morre em Trindade

Reverenciado pelas petições manuscritas, produzidas com esmero, cuidado e caligrafia impecável, morreu nesse domingo (27) o advogado Osair Roque de Brito, em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia. Nascido em 23 de maio de 1937 em Corumbaíba (GO), era formado em Direito pela Universidade Federal de Goiás. Recebeu por várias vezes o título de Advogado do Ano na comarca de Trindade.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Lúcio Flávio de Paiva, lamentou a morte do advogado, a quem considera uma das referências da advocacia trindadense. “Osair foi um advogado que enobreceu sobremaneira a profissão, deixando seu exemplo de respeito à advocacia e fé na Justiça para as novas gerações, razão pela qual é merecedor de homenagens das diretorias seccional e subseccional, bem como de todo o Conselho Seccional da OAB Goiás”, frisou.

A presidente da Subseção de Trindade, Néli Cárita, apresentou condolências de toda a Diretoria da Subseção de Trindade, destacando que Osair foi um legítimo advogado militante, corajoso e vocacionado. “Ao mesmo tempo humilde e amigo, era uma referência. Especialmente nesse sofrido 2020, fará muita falta”, afirma Néli. “Um exemplo de profissionalismo na área cível, sempre respeitoso com clientes, colegas, magistrados e demais autoridades. A advocacia trindadense está em luto absoluto”, afirmou.

Segundo ela, com mais de 45 anos de militância na advocacia, Osair estava sempre pronto a atender aos chamados nos corredores do Fórum. Extremamente religioso, era assíduo frequentador da Matriz de Trindade com fé inabalável no Divino Pai Eterno. Caminhou firme na fé e com inabalável confiança na justiça pela igualdade social para todos.