terça, 20 de novembro de 2018 62 9 9904-5026
Eleição OAB-GO

Nova OAB lota Oliveira´s Place para lançamento da Chapa 5

Apoiadores da chapa Nova OAB lotam salão do Oliveira´s Place para ouvir Pedro Paulo

Marília Costa e Silva

A chapa Nova OAB, liderada pelo advogado Pedro Paulo Guerra de Medeiros, lotou, na noite desta segunda-feira, o salão do Oliveira´s Place, no Setor Bueno, para o lançamento oficial da Chapa 5, que concorre à eleição da Ordem dos Advogados do Brasil. Ovacionado pelos presentes, o candidato a presidente também recebeu o carinho dos presentes, que cantaram parabéns para Pedro Paulo, que fez aniversário no dia 6 passado.

Lideranças da oposição, integrantes da chapa e apoiadores do grupo ouviram com atenção o discurso de Pedro Paulo, que fez questão de discorrer sobre a composição do grupo que vai concorrer às eleições no dia 30 de outubro. A chapa é formada por 43% de mulheres em cargos de direção e 75% de nomes novos em sua composição, e  tem propostas de apoio total à advocacia jovem. Pedro Paulo assumiu o compromisso, por exemplo, de conceder 99% de desconto na anuidade para os três primeiros anos de inscritos, a partir do dia 1º de janeiro de 2019, caso a chapa seja eleita para a direção da Ordem goiana para o próximo triênio.

Apoiadores da Chapa 5 ontem à noite

A Nova OAB também listou, entre suas propostas, a defesa irrestrita das prerrogativas das advogadas e dos advogados no Estado, assim como zelar pela dignidade, independência e valorização profissional, conforme prevê o Estatuto da OAB. Falaram também Leon Deniz, a diretora tesoureira, Vivivany Fernandes, Carla Zannini, que deve assumir a direção a Escola Superior da Advocacia (ESA-GO) em caso de vitória da chapa 5.  Também falaram representantes da advocacia jovem que explicaram o motivo de apoio a Pedro Paulo: pessoa acessível e que tem tudo para lutar pela classe.

Pedro Paulo também fez questão de explicar os presentes a escolha do número 5 para chapa. Ela significa que o grupo vai atuar principalmente em cinco frentes: advocacia jovem, mulheres advogadas, subseções, valorização e luta pelo respeito às prerrogativas profissionais. Pedro Paulo também lembrou, durante seu discurso, o que considerou a pior fase da sua vida, quando foi preso injustamente por suposto envolvimento em fraudes no exame de ordem. “Pensei que minha carreira carreira profissional e classista tinha acabado. Mas me reergui e hoje quero lutar com todas forças para que nada que me ocorreu possa voltar a acontecer com qualquer membro da advocacia”,  frisou.

Comentários



Receba nosso informativo

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do portal Rota Jurídica