Apenas nove advogados têm candidaturas deferidas para concorrer à vaga de desembargador

Foram deferidas, nesta quarta-feira (18), apenas nove das 22 inscrições feitas por advogados para participação na lista sêxtupla para vaga de desembargador do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), na vaga reservada ao quinto constitucional da advocacia. A eleição para formação da listagem deve acontecer no fim de fevereiro do ano que vem.

A análise dos pedidos de inscrição foi realizada pela diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Goiás (OAB-GO) conforme os requisitos objetivos previstos no Provimento 102/2014 do Conselho Federal da OAB. O documento trata sobre a indicação, em lista sêxtupla, de advogados que devam integrar os Tribunais Judiciários e Administrativos.

Além das candidaturas deferidas, os representantes da diretoria determinaram ainda a publicação de edital, na imprensa oficial (Diário Oficial do Estado), com relação dos pedidos indeferidos bem como dos demais inscritos, para que terceiros possam, no prazo de cinco dias úteis, apresentar a impugnação.

Conforme a ata, ficou determinado ainda que, no mesmo edital, os candidatos que tiverem suas inscrições indeferidas sejam notificados para, caso queiram, também possam apresentar recurso no prazo de cinco dias úteis.

Candidaturas deferidas
Alexandre de Morais Kafuri
Anderson Máximo de Holanda
Carla Sahium Traboulsi
Eduardo Antunes Scartezini
Francisco José Gonçalves Costa
João Batista Fagundes Filho
Paulo Roberto Balduíno Nascimento
Rosângela Magalhães de Almeida
Vicente Lopes da Rocha Júnior

Indeferidas liminarmente
Antônia de Lourdes Batista Chaveiro Martins
Augusto César Rocha Ventura
Breno Boss Cachapuz Caiado
Célia Alves de Leles
Cláudio Louzeiro Gonçalves de Oliveira
Dimitry Cerewutá Jucá
Gilmar de Oliveira Mota
Marcelino Assis Galindo
Ricardo Baiocchi Carneiro
Roberto Rodrigues
Ronaldo David Guimarães
Sônia Maria Carneiro Caetano Fernandes
Tênio do Prado