Dossiês de magistrados e servidores ativos e inativos do Judiciário goiano são digitalizados

Os dossiês funcionais de magistrados e servidores do Tribunal de Justiça do Estado Goiás (TJGO) estão totalmente digitalizados. Em pouco mais de um mês de trabalho, sob a supervisão da Diretoria do Foro da comarca de Goiânia, foram 16.540 dossiês de ativos, inativos e pensionistas digitalizados. Após o processo de digitalização, os documentos ainda passam por controle de qualidade e remontagem.

Conforme a Diretoria de Recursos Humanos do TJGO, a digitalização dos dossiês facilitará a busca das informações, o que possibilitará maior agilidade na análise das solicitações, além de garantir maior segurança dos dados. Pelo volume de documentos funcionais, a busca manual demandava um tempo significativo devido ao armazenamento em espaços físicos diversos. Agora, o acesso à vida funcional do magistrado ou servidor está a um clique da equipe.

Um detalhe importante ressaltado pela direção de RH é de que os documentos físicos serão arquivados, ou seja, não haverá descarte dos papéis. Também se destaca a segurança que a digitalização confere ao tribunal, ao magistrado e ao servidor. Por razões externas não controladas, como mudanças, incêndio, ou mesmo vazamento, por exemplo, corria-se o risco de perder alguma documentação importante. Agora, isso será evitável, pois estará tudo informatizado.

Novo sistema de gestão de pessoas

A digitalização dos dossiês faz parte das ações de modernização dessa área do Judiciário goiano, que está implantando um novo sistema de gestão de pessoas, com uso de tecnologia para oferecer mais transparência e agilidade nos processos que dependem de informações funcionais. Fonte: TJGO