Antes do feriadão da Semana Santa, TJGO divulga números que apontam aumento da produtividade durante teletrabalho

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) divulgou números nesta terça-feira (7), último dia semana com atividades normais antes do feriadão da Semana Santa, que prossegue até Domingo de Páscoa (11), que apontam aumento na produtividade de magistrados e servidores, após o início do teletrabalho, em todos os atos judiciais (despachos, sentenças e decisões) e também nos andamentos processuais.

O maior crescimento foi de 17,49% nas decisões; seguido de 13,15% nos despachos; 3,93% nos atos dos servidores e 1,04% no número de sentenças (veja tabela com os números ao final do texto). Os resultados foram extraídos da comparação entre a primeira e a segunda quinzenas do mês: de 1º a 15 de março, magistrados e servidores cumpriram sua rotina presencialmente, e de 16 a 31 de março foi adotado o home office como medida de proteção e prevenção ao coronavírus.

Somadas as informações de despachos, sentenças e decisões dos magistrados e as operações realizadas por servidores, o TJGO saltou de uma produção de 739.316 atos nos primeiros 15 dias de março para 787.754 no período do teletrabalho, um aumento de mais de 48 mil (48.438), com registro de atividades nos sistemas inclusive aos finais de semana, tanto por parte de magistrados como de servidores. Ainda, foram julgados 2.796 processos pelo sistema de Sessão Virtual do segundo grau.

Responsável pela movimentação de aproximadamente 40% dos processos do Judiciário goiano, a comarca de Goiânia teve uma produtividade de 15.948 atos, de 16 a 31 de março. Foram 8.526 sentenças, 6.062 decisões e 1.360 despachos nos primeiros quinze dias do teletrabalho