PF cumpre mandados expedidos pela Justiça Federal em investigação que apura suposta fraude em concurso da Saneago

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (14), a Operação Certame, que apura possível fraude no concurso público para assessor jurídico promovido pela Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago). Cerca de 20 policiais federais estão cumprindo três mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juízo da 5ª Vara da Seção Judiciária Federal de Goiânia.

As investigações foram motivadas por denúncia feita Reitoria da Universidade Federal de Goiás, que suspeita de fraude no concurso do ano de 2018, realizado pelo Centro de Seleção da UFG.

A investigações se devem porque dois candidatos apresentaram respostas perfeitamente idênticas ao gabarito oficial da prova discursiva, o que teria teria levantado suspeitas da comissão responsável pela temática em questão.

São alvos desta fase da operação dois candidatos aprovados e o coordenador do concurso à época. O crime em apuração é o de fraude em certame de interesse público, que tem pena máxima de 4 anos de reclusão e multa.