Wanessa Rodrigues

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) realiza nesta segunda-feira (16/11), às 10 horas, sessão do Órgão Especial para formação da lista tríplice para o cargo de desembargador na vaga reservada à advocacia. Os três nomes serão escolhidos a partir da lista sêxtupla entregue pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO). No mesmo dia, a listagem será encaminhada ao governador Ronaldo Caiado (DEM), a quem caberá a escolher o novo magistrado goiano, que ocupará vaga criada pela Lei Estadual nº 20.254/18.

Advogados escolhidos (de pé) para a lista sêxtupla

Integram a listagem, formada em sessão do Conselho Seccional do último dia 28 de outubro, os advogados Anderson Máximo de Holanda (48 votos), Sônia Maria Carneiro Caetano Fernandes (44), Alexandre de Morais Kafuri (34), Marcelino Assis Galindo (31), Antônia de Lourdes Batista Chaveiro Martins (30) e Ricardo Baiocchi Carneiro (28).

Desde a formação da lista sêxtupla, os advogados que integram a listagem se mobilizaram em busca de votos dos desembargadores. Atualmente, o TJGO tem 42 cargos de desembargadores, sendo que 41 estão ocupados, provenientes de carreira na magistratura, do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e da advocacia.

Entrega
A lista sêxtupla foi entregue ao presidente do TJGO, desembargador Walter Carlos Lemes, no último dia 2 novembro. Na ocasião, estiveram presentes o presidente da OAB-GO Lúcio Flávio de Paiva, o vice-presidente Talles José Jayme, o diretor-tesoureiro Roberto Serra Maia da Silva e o secretário-geral Jacó Coelho.

Mulheres
Está é a primeira vez na história da OAB-GO, que duas mulheres entram da Lista Sêxtupla. As advogadas Antônia de Lourdes Batista Chaveiro Martins e Sônia Maria Carneiro Caetano Fernandes estão entre os seis profissionais escolhidos pelo Conselho Seccional da OAB-GO. E, agora, podem fazer história. Dos 41 desembargadores do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), apenas oito são do sexo feminino.

Em 2018, quando também se formou lista sêxtupla para vaga destinada ao quinto constitucional da advocacia, apenas Antônia Chaveiro ficou entre os seis mais votados. Inclusive, ela chegou a ser a compor a lista tríplice do TJGO. Na ocasião, o então advogado Guilherme Gutemberg foi o escolhido para ocupar a vaga deixada pela aposentadoria do desembargador Geraldo Gonçalves.

Maria José das Neves Duarte, fundadora da Associação de Mulheres de Carreira Jurídica de Goiás e Diretora da Federation Internacionale des Femmes de Carriere Juridiques (FIFCJ) disse, em nota divulgada na semana passada, que a presença feminina na lista tríplice é um anseio de grande parte da advocacia, sendo as mulheres o maior número de inscritos na Ordem.

“E se assim ocorrer, Ronaldo Caiado terá a oportunidade de fazer um marco na história do povo goiano, como o primeiro Governador a nomear uma mulher para a vaga do Quinto Constitucional da Advocacia”, salientou.

Integrantes do Órgão Especial que votarão para formação da lista tríplice:

01   Desembargador Walter Carlos Lemes
02   Desembargadora Beatriz Figueiredo Franco
03   Desembargador Ney Teles de Paula
04   Desembargador Leobino Valente Chaves
05   Desembargador Gilberto Marques Filho
06   Desembargador João Waldeck Félix de Sousa
07   Desembargadora Nelma Branco Ferreira Perilo
08   Desembargador Carlos Escher
09   Desembargador Kisleu Dias Maciel Filho
10   Desembargador Zacarias Neves Coelho
11   Desembargador Gerson Santana Cintra
12   Desembargadora Carmecy Alves de Oliveira
13   Desembargador Nicomedes Domingos Borges
14   Desembargador Itamar de Lima
15   Desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis
16   Desembargador Olavo Junqueira de Andrade
17   Desembargador Guilherme Gutemberg Isac Pinto
18   Desembargador José Carlos de Oliveira
19   Desembargador Jairo Ferreira Júnior
20   Desembargador Marcus da Costa Ferreira