OAB-GO quer que advogados possam se reunir com clientes antes das audiências de custódia

Representantes da OAB-GO ladeiam o diretor do foro da comarca de Goiânia

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás quer que os advogados tenham acesso aos clientes antes da realização das audiências de custódia realizadas no Fórum Criminal de Goiânia. Para tratar sobre o tema, o secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Jacó Coelho, e o presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas, David Soares, se reuniram, nesta segunda-feira (9/3), com o diretor do Foro de Goiânia, juiz Paulo César das Neves.

A seccional goiana quer tratamento solicita que os advogados possam se reunir com clientes antes destas audiências, o que atualmente é permitido apenas para defensores públicos.

Na reunião, a OAB-GO também pediu a construção de parlatórios na carceragem no Fórum Criminal e a ampliação do número de agentes de segurança prisional, de modo a permitir que os advogados criminalistas possam se reunir com segurança com clientes.

Estiveram também presentes no pleito: o secretário adjunto da CDP, Lucas Rangel, e o vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Política Criminal, Adriano Calheiros, além de representantes da Defensoria Pública. ‘