Piloto de avião recebe R$ 1 milhão em acordo firmado no Cejusc da Justiça do Trabalho

O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas do Tribunal Regional do Trabalho em Goiânia (Cejusc) celebrou acordo de R$ 1 milhão em audiência realizada por videoconferência nesta última terça-feira (27/10). O pacto colocou fim ao processo no qual figura um piloto de avião em desfavor de um grupo econômico, cujas atividades abrangem a agropecuária, indústrias, construtoras, imobiliárias e outras empresas atuantes nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país.

O valor inicial dado à causa foi de mais de R$ 2,5 milhões. O autor fez vários pedidos, entre eles horas extras, adicional de periculosidade, reflexos no descanso semanal remunerado, férias, aviso prévio, 13º salário, FGTS e sobreaviso fora da base contratual. Consta dos autos que o contrato de trabalho estendeu-se por 17 anos, com remuneração média de R$ 18 mil.

Pelo acordo, o valor de R$ 1 milhão será pago em 7 parcelas mensais. O pacto também contempla os pedidos indicados em outro processo protocolado pela parte.

Processo ATOrd-0010753-62.2020.5.18.0010