OAB-GO pode adiar sessão para formação da lista sêxtupla; mas conselheiros já admitem quem são favoritos à vaga de desembargador

Marcelino Assis Galindo tem apoio de presidentes de subseções do interior

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) sinaliza que pode reagendar a sessão do Conselho Seccional marcada para o próximo dia 25 para formação da lista sêxtupla para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Goiás reservado ao quinto constitucional da advocacia. O adiamento deve acontecer como medida de segurança para conter a propagação do coronavírus. Isso porque a sessão deve reunir um grande número de pessoas, o que é desaconselhável no caso de pandemia. A confirmação do adiamento da sessão deve ser anunciada nesta terça-feira (17).

À sessão do Conselho Seccional deverão comparecer um grande número de pessoas, o que não recomendável pelas autoridades em Saúde. Não somente os 41 conselheiros titulares, cinco diretores da OAB-GO e os conselheiros natos (Ismar Estulano Garcia, Otaviano de Miranda, Luiz Francisco Guedes de Amorim, Felicíssimo José de Sena) estão presentes, mas os 22 candidatos inscritos, incluindo aqueles que tiveram as candidaturas indeferidas e impugnadas por terceiros. Será na própria sessão que esses últimos farão a defesa contra os indeferimentos e impugnações. Se, no início da sessão, um dos conselheiros titulares não tiver comparecido, será feito sorteio entre os suplentes presentes.

Procurador Anderson Máximo tem bom relacionamento com a atual gestão

E em virtude do reconhecimento de pandemia do Covid-19 e da confirmação de casos do coronavírus em Goiás, a OAB-GO já decidiu, na semana passada, suspender os eventos públicos que aconteceriam entre de hoje até 20 de março.

Mais tempo para pedir votos

O adiamento da data da formação da listagem pode dar ainda mais tempo para os candidatos à listagem visitarem os conselheiros e a diretoria que tem direito a voto para pedirem apoio. Mas, entre os votantes já existem nomes que estão praticamente garantidos. Entre eles estão o do advogado Alexandre Kafuri, que figurou na lista sêxtupla formada em 2018 quando o escolhido foi Guilherme Gutemberg Isac Pinto.

Outro forte é o procurador do Estado Anderson Máximo de Holanda, que deixou a secretaria de Estado da Casa Civil para concorrer. Ele tem bom tramite entre o grupo da atual administração, onde já atuou como presidente do Tribunal de Ética e Disciplina (TED).

Também está no páreo Marcelino Assis Galindo. Mesmo tendo tido a candidatura indeferida, ele apresentou recurso dentro do prazo legal. A seu favor, ele teria o apoio de boa parte dos presidentes de subseções da OAB do interior do Estado. Ricardo Baiocchi Carneiro é outro que já recorreu contra o indeferimento do seu nome. Mas entre os conselheiros votantes, ele é considerado um bom nome para integrar a listagem devido a afinidade com a gestão. Vicente Lopes da Rocha Júnior também é lembrado entre os conselheiros.

Ricardo Baiocchi também é bem aceito entre os votantes

Entre as mulheres, Antônia de Lourdes Batista Chaveiro Martins, que figurou também na última lista formada pela Ordem de Goiás, é tida como favorita. Mas Carla Sahium Traboulsi, Rosângela Magalhães de Almeida, Sônia Maria Carneiro Caetano Fernandes e Célia Alves de Leles também teriam votos de quem deseja ver pela primeira vez uma mulher ocupando o cargo de desembargadora pelo quinto constitucional no TJGO.

Voto aberto

Para integrar a lista sêxtupla, os advogados inscritos terão de ter 50% dos votos mais 1. Lembrando, o voto é aberto. Ou seja, na cédula de votação, aparecerá escrito o nome do votante. A ele deverá ser apresentado na cédula todos os nomes daqueles advogados que tiveram a candidatura deferida em ordem alfabética. Cada conselheiro e diretor da OAB-GO votarão em seis nomes. Os votos serão guardados para conferência em caso de recurso de algum candidato.

Candidaturas deferidas
Alexandre de Morais Kafuri
Anderson Máximo de Holanda
Carla Sahium Traboulsi
Eduardo Antunes Scartezini
Francisco José Gonçalves Costa
João Batista Fagundes Filho
Paulo Roberto Balduíno Nascimento
Rosângela Magalhães de Almeida
Vicente Lopes da Rocha Júnior

Indeferidas liminarmente
Antônia de Lourdes Batista Chaveiro Martins
Augusto César Rocha Ventura
Breno Boss Cachapuz Caiado
Célia Alves de Leles
Cláudio Louzeiro Gonçalves de Oliveira
Dimitry Cerewutá Jucá
Gilmar de Oliveira Mota
Marcelino Assis Galindo
Ricardo Baiocchi Carneiro
Roberto Rodrigues
Ronaldo David Guimarães
Sônia Maria Carneiro Caetano Fernandes
Tênio do Prado