Justiça do Trabalho de Goiás passa a contar com três novos juízes removidos de outros Estados

Os novos juízes foram empossados em cerimônia na sexta-feira passada

O Tribunal Regional do Trabalho de Goiás passa a contar com mais três integrantes da magistratura em posse oficializada pelo desembargador Paulo Pimenta no fim da semana passada. Marcella Freitas, Wagson José Filho e Vinícius Paiva vieram removidos de outros tribunais e assumiram os cargos de juízes substitutos na 18ª Região.

A magistrada Ceumara de Souza, diretora da Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região (Amatra18), deu as boas-vindas aos novos colegas. “Que vocês se sintam acolhidos. Chegam com anos de experiência na magistratura o que vem a somar à prestação de excelência da 18ª Região”.

Segundo Ceumara este é um momento sensível na carreira de todos que têm que conviver com a insegurança na área da saúde. “Fomos desafiados a continuar a prestação jurisdicional para garantir a sobrevivência dos empregados e das empresas e é um alento contar com a ajuda de vocês”, concluiu.

O desembargador Paulo Pimenta ressaltou, por sua vez, que acompanhou, na condição de corregedor em 2017, todo o processo de remoção. “Todos os que queriam vir para Goiás estão aqui hoje e vamos ainda repatriar alguns colegas que estão em outras regiões”.

Pimenta assinalou que o TRT-18 sempre foi um tribunal acolhedor e que busca viabilizar o máximo de condições possíveis de trabalho. “Vamos continuar construindo uma história tão bonita que completará 30 anos de excelência na prestação de serviços”.

Ele lembrou, por fim, dos intensos desafios pela frente. “Estamos trabalhando na elaboração de um projeto de retomada gradual e segura enquanto asseguramos a máxima prestação jurisdicional”, afirmou.