Corregedor se compromete a orientar juízes a agendarem horário para atendimento exclusivo da advocacia

O corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, vai expedir ofício circular a todos os juízes para reforçar a necessidade de disponibilidade de horário exclusivo para atendimento à advocacia. A decisão foi tomada após reunião, nesta segunda-feira (03), com representantes da Comissão de Acompanhamento Forense (CAF) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO).

Durante o encontro, realizado virtualmente, os representantes da CAF apresentaram ao corregedor as dificuldades enfrentadas por advogados para serem atendidos por alguns magistrados.

Em caso de problemas, ficou decidido hoje que a Comissão de Acompanhamento Forense vai intermedia, em conjunto com a CGJGO, a solução das questões pontuais. Para isso, o advogado deverá entrar em contato com a CAF pelo e-mail [email protected], relatando o ocorrido, para que seja encaminhada a demanda e sejam tomadas as providências cabíveis ao caso.

Participaram da reunião virtual, pela CAF, o presidente Fabrício Antônio Almeida de Britto, o vice-presidente Tênio do Prado e o secretário José Mendonça Carvalho Neto. Também compareceram os conselheiros seccionais da OAB-GO Auro Borges Jayme e Eduardo Alves Cardoso Júnior. Pela CGJGO, além do corregedor-geral, o juiz auxiliar da Corregedoria Altair Guerra da Costa. Com informações da OAB-GO