TJGO estuda transmitir sessões virtuais ao vivo pelo Youtube, segundo juiz auxiliar da presidência

O juiz auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), Cláudio Henrique Araújo de Castro, afirmou na quinta-feira (30) que as sessões virtuais do TJGO preveem aspectos diferentes de outros tribunais. “Para realizar um piloto, fizemos alguns estudos e chegamos a verificar seis regulamentações de tribunais diferentes. A inovação, no caso do TJ-GO, é conseguir prever alguns aspectos que os outros não previam, como por exemplo, os julgamentos dos processos em segredo de Justiça”, conta.

O juiz participou de uma live comandada pelo secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Jacó Coelho, exibida no perfil da seccional no Instagram. O debate teve como tema central “O procedimento das sessões virtuais no TJGO e nas turmas julgadoras dos juizados especiais” e contou com mais de 80 visualizações.

“Em um primeiro momento, tudo ainda está sendo ajustado. Nós não tínhamos o planejamento de fazer sessões virtuais, mas foi pela contingência do momento. Estudamos disponibilizar as sessões com transmissão ao vivo pelo canal do TJGO no Youtube. Fizemos uma sedimentação do que já existia e percebemos outros aspectos que acreditamos serem necessários para a transmissão.”

“Estamos passando por um período de excepcionalidade diante da pandemia do novo coronavírus. Por essa razão, houve a necessidade de gerar o isolamento social, pelos atos do poder executivo e judiciário. Na videoconferência existe a participação das pessoas, mas de forma virtual. A ideia surgiu da necessidade de avançarmos e retomarmos as sessões dos julgamentos colegiados. A intenção do Tribunal é de ser um órgão colaborador”, conclui. (OAB-GO)

Veja a entrevista na íntegra no perfil da OAB-GO no Instagram