Segundo dia do Congresso do IGT conta com importantes discussões sobre o Direito do Trabalho em tempos de crise

O 22º Congresso Goiano de Direito e Processo do Trabalho (Congresso do IGT) prossegue sua programação nesta quinta-feira (09), no auditório da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), com a discussão de importantes pautas ligadas ao tema deste ano: Direito do Trabalho em Tempos de Crise. O desembargador do Trabalho Bento Herculano Duarte Neto, do Rio Grande do Norte, abre o ciclo de palestras do segundo dia, às 9 horas, abordando a Sistemática dos Recursos Repetitivos.

Em seguida, às 10h10, a juíza do Trabalho Valdete Souto Severo, do Rio Grande do Sul, fala sobre o Papel do Direito na Proteção aos Trabalhadores em Tempos de Crise. O evento continua sua programação após o intervalo para almoço, a partir das 14 horas, com o juiz do Trabalho Cleber Martins Sales, de Goiás, discutindo Autonomia e Instrumentalidade do Processo do Trabalho à Luz do Novo CPC.

Logo depois, às 15h15, Adriana Calvo, advogada de São Paulo, ministrará a palestra Os Limites da Responsabilidade dos Sócios e Diretores Estatuários pelo Crédito Trabalhista em Época de Crise, com foco na Operação Lava Jato. Após intervalo das 16h30, às 17 horas, Abel Ferreira Lopes Filho, auditor fiscal do Trabalho, de Goiás, discutirá o Papel da Organização Internacional do Trabalho em Tempos de Tempos de Crise.

As atividades desta quinta-feira serão encerradas às 18h15. A programação do terceiro e último dia, nesta sexta-feira (10), terá início às 9 horas. O Congresso do IGT é promovido em parceria com a Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região (Amatra 18) e com o Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18).  Para mais informações, basta entrar em contato pelo telefone 62 3215 2649, pelo e-mail [email protected] ou acessar o site www.igt.org.br.

Confira a programação do evento:

DIA 09 de junho – Quinta-feira
09h00
A Sistemática dos recursos repetitivos
Bento Herculano Duarte Neto – Desembargador do Trabalho (RN)

10h30
O papel do Direito na Proteção aos Trabalhadores em Tempo de Crise
Valdete Souto Severo – Juíza do Trabalho (RS)

12h00 às 13h30
Intervalo

14h00
Autonomia e Instrumentalidade do Processo do Trabalho à luz do Novo CPC
Cleber Martins Sales – Juiz do Trabalho (GO)

15h15
Os limites da responsabilidade dos sócios e diretores estatutários pelo crédito trabalhista em época de crise – caso prático: Operação Lavajato.
Adriana Calvo – Advogada (SP)

16h30
Intervalo

17h00
O papel da Organização Internacional do Trabalho em tempo de crise
Abel Ferreira Lopes Filho – Auditor Fiscal do Trabalho

18h15
Encerramento das atividades do dia

DIA 10 de junho – Sexta-feira

09h00
Negociação Coletiva em Tempos de Crise
Nelson Mannrich – Advogado (SP)

10h15
Os meios adequados de soluções de conflitos no Novo CPC e impactos no Processo do Trabalho.
Rogério Neiva Pinheiro- Juiz do Trabalho (DF)

12h00 às 13h30
Intervalo

14h00
Crise econômica: reflexão sobre a banalização da exploração
Ministra Kátia Magalhaes Arruda – Ministra do TST

15h15
Painel – A jurisprudência do TST após o Novo CPC
Fabiano Coelho de Souza Juiz do Trabalho (DF)
Rafael Lara Martins Advogado (GO)

17h00
Solenidade de encerramento