segunda, 22 de outubro de 2018 62 9 9904-5026
Atuação

OAB Goiás requer avaliação do MPF nos preços dos combustíveis de aviação

A Comissão Especial de Direito Aeronáutico da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás está requerendo a intervenção do Ministério Público Federal (MPF) na política de precificação da gasolina e querosene de aviação.

Segundo o presidente da Comissão, o advogado e professor Georges Ferreira, e o presidente da OAB Goiás, Lúcio Flávio de Paiva, o alto valor dos combustíveis, resultado do monopólio da Petrobras e das manobras precificação desta, é um dos fatores para deterioração da aviação brasileira.

A Ordem também convida para uma reunião a Agência Nacional do Petróleo (ANP), a Petrobras, sindicatos e associações para debater o assunto.

Comentários



Receba nosso informativo

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do portal Rota Jurídica