Nova lei prevê que crianças na fila de espera nos CMEIs passam a ter direito a Bolsa Creche

Foi sancionada, pelo prefeito Rogério Cruz, a Lei N° 10.592, de autoria do vereador Anderson Sales Bokão (DEM), que prevê que o município de Goiânia fica autorizado a firmar convênio com entidades filantrópicas, organizações não governamentais e escolas particulares, objetivando o aumento de oferta de vagas, com a concessão do Bolsa Creche às crianças constantes das listas de espera por vagas nos Centros de Educação de Educação Infantil (CMEIs).

“O Bolsa Creche vem como alternativa suplementar para minimizar o problema de falta de vagas nos CMEIs. Inclusive, o Bolsa Creche já existe em diversos municípios do Brasil, como Limeira, Curitiba e Piracicaba, seja com este nome ou outros, e os resultados já têm se mostrado extremamente positivos nos locais em que o sistema está implantado. Como defensor da criança e adolescente, fico imensamente feliz por poder contribuir para o começo do aprendizado das nossas crianças. Afinal, quem investe em educação, investe no futuro”, analisa Anderson Sales.

Com a carência de vagas no sistema oficial de ensino do município, que por vezes acaba levando famílias a buscarem socorro do Poder Judiciário, o Bolsa Creche surge para garantir o atendimento deste direito básico e fundamental a inúmeras crianças. Se a rede pública mostrar-se insuficiente, a Secretaria Municipal de Educação (SME), encaminhará o aluno à entidade cadastrada mais próxima de sua residência. As vagas serão distribuídas à comunidade, obedecendo os critérios utilizados pela SME quando da seleção para a rede pública.