Morre mais um advogado goiano em decorrência de complicações com a Covid-19

Morreu neste sábado (15) mais um advogado vítima de complicações decorrentes da Covid-19. Trata-se de Cristiano Dionísio Lira e Silva, de 45 anos. Essa é a segunda morte de profissional da advocacia em decorrência da doença apenas nesta semana. No dia 11, Gilberto Pereira da Silva, de 62 anos, membro da Comissão Especial do Advogado Sênior e Direitos da Pessoa Idosa (CEAS) teve a vida ceifada pelo novo coronavírus.

No dia 6 de agosto, o advogado aposentado Edivaldo da Silva Santos, de 85 anos, e o advogado Moises Agostinho Baloi, de 43 anos, também foram vítimas da Covid-19. Mas antes deles, em julho, outros quatro profissionais sucumbiram à doença.

No dia 30 de julho, faleceu a advogada Hellen Cássia Sanches Povoa, de apenas 25 anos. No dia 27, quem morreu vítima do mal foi o advogado Sebastião de Bastos Gomes Filho. No dia 26, a advocacia perdeu Daylton Anchieta. O advogado Celso Rios Neto faleceu no dia 24.