Divulgado no Diário Oficial regulamento do novo concurso para diplomata

Após o presidente Jair Bolsonaro confirmar, em maio deste ano, que os concursos para diplomata estão mantidos, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, divulgou o regulamento para o concursos de admissão à carreira no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (19/6).

De acordo com a portaria, serão oferecidas 20 oportunidades na classe de terceiro-secretário da carreira de diplomata.

A primeira fase do concurso consistirá de prova objetiva, de caráter eliminatório, constituída de questões de:

língua portuguesa;
língua inglesa;
história do Brasil;
história mundial;
política internacional;
geografia;
economia e direito e
direito internacional público.

Já a segunda fase do concurso consistirá de provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório, constituída de questões de:

língua portuguesa;
língua inglesa;
história do Brasil;
geografia;
política internacional;
economia;
direito e direito internacional público;
língua espanhola e língua francesa.

Serão estabelecidas notas mínimas para aprovação nas provas escritas de língua portuguesa e de língua inglesa. Será estabelecida nota mínima para aprovação no conjunto das provas escritas de história do Brasil; geografia; política internacional; economia; direito e direito internacional público; língua espanhola e língua francesa.

O prazo de realização da primeira prova, com relação à data de publicação do edital do concurso, será reduzido para dois meses, tendo como base o novo decreto sobre concursos públicos do governo federal. Segundo a portaria, a redução do prazo se deve à necessidade de que a data de conclusão do concurso seja compatível com o planejamento de atividades do Instituto Rio Branco em 2020.

Por fim, a portaria determina que o provimento dos cargos previstos nesta portaria fica condicionado à autorização, em anexo próprio da lei orçamentária anual e à observação das restrições impostas pela lei de diretrizes orçamentárias. Fonte: CorreioWeb