Carlos André ministra curso Sustentação Oral em Manaus e transforma visão de advogados

O professor e advogado Carlos André com os participantes do curso ministrado por ele em Manaus (AM)

Ministrado pelo professor e advogado Carlos André Pereira Nunes, o Curso Sustentação Oral Perfeita em Manaus (AM), módulo da Pós-Graduação de Gestão Jurídica do IPOG, apresentou um novo cenário e novas possibilidades de maximização de resultados para os advogados locais. Cerca de 30 alunos participaram do curso, que também abordou a questão Legística (estudo das leis, em especial da sua elaboração ou redação).

“Conceitos modernos de interpretação jurídica são essenciais para ajudar advogados a se diferenciarem no mercado, posicionando seus escritórios de uma maneira ainda mais competitiva. alar bem, com clareza, erudição e conhecimento sobre a matéria defendida, faz com que o profissional seja visto de outra maneira no cenário atual, que tem aumentado o número de bacharéis em Direito nos últimos anos”, afirma Carlos André Pereira Nunes.

Durante o curso, aspectos linguísticos, a importância do tom para o advogado, vícios de linguagem, entre outros pontos fundamentais para quem quer se destacar na sustentação oral, são abordados de maneira bastante prática e pragmática.

“O resultado em Manaus foi muito positivo, nossa meta é realizar mais uma edição deste curso no segundo semestre. Acreditamos que o conhecimento profundo da língua portuguesa com aplicação na área jurídica é um dos principais diferenciais para os advogados. Ter um bom domínio da Legística, permite ao profissional vantagens na hora de sustentar a sua tese, na defesa do seu cliente em todas as esferas”, reforça Carlos André.

Sobre Carlos André
Fundador do Instituto Carlos André, centro de excelência em Língua Portuguesa e preparatórios para Admissão à Carreira Diplomática, Pré-vestibular e Assessoria em Português Jurídico, fundado em 2009, e Mestrando em Gramática pela UFMG e em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, o professor é também formado em Direito.

Membro do grupo técnico responsável pelo Manual de Redação Jurídica – OAB e, recentemente, designado para integrar a Comissão Nacional de Relações Internacionais da OAB como membro consultor, Carlos André é autor dos livros “A nova ortografia da língua portuguesa” e “Na ponta da língua”.