Abertas inscrições para estágio em Direito na Vara do Trabalho de Mineiros

A Vara do Trabalho de Mineiros abriu processo seletivo para contratação de estagiários do curso de Direito. A seleção será feita pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) com base na média de notas obtidas no segundo semestre de 2019. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 17 de agosto pelo site www.ciee.org.br. A bolsa-auxílio corresponde a R$ 800 mais auxílio transporte de R$ 8 por dia, sendo que este último valor encontra-se suspenso durante o período de trabalho remoto em virtude da pandemia.

Conforme o Edital 01/2020, 10% das vagas estão reservadas para pessoas com deficiência e 30% para candidatos autodeclarados negros ou pardos. A jornada das atividades de estágio será de 5 horas diárias, totalizando 25 horas semanais, e deve ser compatível com o respectivo horário escolar. O estagiário terá direito a um recesso de 30 dias a cada 12 meses de efetivo estágio.

A lista de classificação provisória será divulgada no dia 26 de agosto pelo portal do CIEE. Os classificados vão compor cadastro de reserva para suprimento das vagas de estágio que surgirem ou que venham a ser criadas durante a validade do certame, que é de um ano.

Inscrições
O processo seletivo será desenvolvido inteiramente de forma remota e digital. Para participar, o estudante deve preencher a ficha de inscrição disponível no site do CIEE e em seguida encaminhar um único e-mail para o endereço [email protected] com a cópia do histórico escolar do segundo semestre de 2019 e os documentos pessoais (RG e CPF). No ato da inscrição, o candidato também deverá informar opção de turno matutino ou vespertino. Os documentos devem ser enviados em formato PDF. Podem participar estudantes que estejam cursando a partir do segundo semestre do curso de Direito.

Somente será considerado aprovado o candidato que obtiver média igual ou superior a 6,0 (seis). Para fins de classificação será adotado o critério de maior média aritmética das notas obtidas no 2º semestre letivo de 2019.

Ainda conforme o edital, é vedada a acumulação de mais de uma vaga de estágio no âmbito do TRT-18 ou acúmulo de estágio no Tribunal com estágio ou vínculo profissional de outra natureza em escritório de advocacia ou assessoria jurídica. Fonte: TRT-GO