Unijuc e CNBB divulgam notas de repúdio a vídeo de Natal que desrespeita fé cristã

A União dos Juristas Católicos de Goiânia (Unijuc) divulgou nota de repúdio ao vídeo de Especial de Natal divulgado por uma produtora de humor em uma plataforma de streaming.  Segundo Unijuc, o grupo humorístico veicula conteúdos desrespeitosos que retratam Jesus cristo de forma ofensiva. No texto, salienta que a produtora “utiliza o escárnio ao sentimento religioso para promover seus conteúdos.

Na nota, Unijuc observa que, embora o direito de expressão e a manifestação de pensamento sejam amparados pela Constituição Federal, esta liberdade tem limites nos direitos e respeito aos outros dispositivos constitucionais. Especialmente o que protege a liberdade religiosa e o sentimento religioso como fruto indissociável dessa liberdade.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) também divulgou nota na quinta-feira (12/12), na qual critica a postura de artistas que, “em nome da liberdade de expressão, vilipendiam símbolos sagrados da fé cristã”.

“Ridicularizar a crença de um grupo, seja ele qual for, além de constituir ilícito previsto na legislação penal, significa desrespeitar todas as pessoas, ferindo a busca por uma sociedade efetivamente democrática, que valoriza todos os seus cidadãos”, diz o texto.