Senador Canedo retoma concurso que oferece vagas para procurador, mas exclui cargo de analista jurídico

A Prefeitura de Senador Canedo retomou o concurso público, após determinação do Tribunal de Contas dos Municípios, para suspensão do certame. O edital passou por retificações e excluiu o cargo de analista jurídico, alterando o total de vagas que estão sendo ofertadas.

Agora, o certame oferece 3.641 vagas, sendo 1.229 para contrato imediato e 2.412 para formação de cadastro reserva. Com a exclusão do cargo, também foi alterado o quadro de pontuação das disciplinas/área de conhecimento da prova objetiva para o cargo de procurador municipal, que tem salário de R$ 3.160,16.

A prova prático-profissional corresponde a segunda etapa do concurso para o cargo de procurador municipal e será realizada na mesma data das provas objetivas, conforme previsto no item 9.1 deste regulamento.

Somente será corrigida a prova discursiva dos primeiros 50 candidatos aprovados na prova objetiva (1ª etapa), sendo 45 candidatos da ampla concorrência e cinco candidatos com deficiência classificados até a posição. Os candidatos terão três horas para realizar a prova, além do acréscimo de 60 minutos para elaboração da prova discursiva. A segunda etapa do cargo, prova prático profissional, terá pontuação de 40 pontos.

Inscrições
O período para os candidatos se reinscreverem teve início na terça-feira (10/9) e prossegue até 10 de outubro, pelo site www.itame.com.br. As taxas são de R$ 110.