Professor Georges é eleito para compor o grupo que revisará o estatuto da Federação Aeronáutica Internacional

Georges ficou apenas atrás da Austrália e a frente da Alemanha, índia e Hong Kong

O professor universitário e advogado especializado em Direito Aeronáutico, Georges Ferreira, foi eleito para compor o grupo que revisará o Estatuto da Federação Aeronáutica Internacional (FAI), para atender as sempre renovadas e dinâmicas demandas impostas pela modernidade.

Georges foi o segundo mais votado e agora é o único brasileiro e o mais novo integrante da equipe de apenas cinco membros que fazem parte do distinto e seleto Grupo de Estudos dos Estatutos (Statutes Working Group – SWG). Georges ficou atrás apenas do representante da Austrália e a frente dos da Alemanha, índia e Hong Kong.

A FAI, com sede em Lausenne, na Suíça, recentemente também homenageou Ferreira com o Diploma Paul Tissandier em reconhecimento aos serviços prestados ao aerodesporto.

No Brasil, George Ferreira integrou comissão de especialistas formada no Senado em 2015 para modernização do Código Brasileiro de Aeronáutica.