OAB acompanha investigação de assassinato de advogado na Cidade Jardim, em Goiânia

Thiago Sousa Mendes foi morto dentro do próprio carro na noite de ontem

A Ordem dos Advogados do Brasil – seção Goiás (OAB-GO) avisa que está acompanhando as investigações sobre o assassinato do advogado Thiago Sousa Mendes, ocorrido na noite deste sábado (18), no bairro Cidade Jardim, em Goiânia. As circunstâncias do crime apresentam indícios de execução. O advogado foi morto a tiros em seu próprio carro.

Embora não se possa afirmar que o crime tenha relação com a atuação profissional de Thiago, Edemundo Dia, presidente da Comissão Especial de Trabalho para Acompanhar as Investigações de Casos de Violência Praticados Contra Advogados em Goiás (Cetiva) está em contato com a autoridade policial. Também acompanha a evolução do caso o advogado David Soares, presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas (CDP) da OAB-GO.

Aos representantes da Ordem, a Polícia Civil informou que já designou força-tarefa composta por 20 homens na intenção de investigar e elucidar as circunstâncias do crime, que choca a advocacia, o quanto antes.

Para a OAB-GO, a notícia da morte do jovem Thiago Souza traz muita tristeza e irresignação à advocacia. Trata-se de uma vida ceifada de modo brusco e injustificado, sintoma de outra epidemia, a violência, que assola o País há muitos anos e exige ainda mais esforços da sociedade e da autoridade pública para ser erradicada.