Laboratório de Inovação e Inteligência do TJGO terá participação dos públicos interno e externo

O Tribunal de Justiça de Goiás passará a contar com um Laboratório de Inovação e Inteligência. A novidade ocorrerá em 90 dias a partir da publicação do Decreto Judiciário nº 391/2020, ocorrido no dia 19 passado, no Diário da Justiça Eletrônico, Edição nº 2934, Suplemento, Seção I.

De acordo com ato que institui a unidade, o Laboratório de Inovação será “um espaço destinado à realização de pesquisas, ao estudo e ao desenvolvimento de projetos e soluções inovadoras como o fito ao alcance dos objetivos estratégicos e metas nacionais e institucionais do Judiciário bem como o aprimoramento da prestação jurisdicional”.

O espaço contará com a participação dos magistrados, servidores e demais usuários do serviço jurisdicional, para que, mediante a interação, desenvolvimento de atividades e troca de dados e conhecimentos sejam elaboradas práticas inovadoras para a gestão do TJGO.

O Laboratório de Inovação tem como objetivo garantir a gestão participativa, por meio da troca de conhecimento dos magistrados, servidores, e demais usuários do serviço jurisdicional para propiciar a efetiva prestação jurisdicional. Segundo o decreto, poderá o Laboratório de Inovação atuar em conjunto com outros laboratórios ou agentes de inovação dos setores público e privado que possuam a mesma finalidade, inclusive realizando parcerias, visando o engrandecimento por meio da troca de experiências. Haverá, da mesma forma, a participação do público interno e externo do Judiciário, para contribuir com as iniciativas de inovação a serem realizadas.