Justiça inaugura na sexta-feira novo espaço para realização de júri popular de maior complexidade

A reforma do auditório do Fórum Cível Heitor Moraes Fleury para atender ao Tribunal do Júri da capital

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes, e o diretor do Foro da comarca de Goiânia, juiz Paulo César Alves das Neves, entregam, nesta sexta-feira (31), às 10 horas, a reforma do auditório do Fórum Cível Heitor Moraes Fleury para atender ao Tribunal do Júri da capital.

Os júris de maior complexidade serão realizados no local, com capacidade para 279 lugares. Para a adequação do auditório, a Diretoria do Foro ampliou a sala dos réus e construiu duas salas para as testemunhas – de acusação e defesa – dois banheiros (masculino e feminino) e refeitório para jurados. Os júris serão agendados às terças, quartas e quintas-feiras. Os de menor complexidade continuam no Fórum Criminal Desembargador Fenelon Teodoro Reis.

A inauguração do espaço atende reivindicação de quatro juízes que atuam nas Varas dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Júri da capital encaminharam, em abril do ano passado, despacho pedindo melhorias. A reclamação é que a sala do Tribunal do Júri no Fórum Criminal não atenderia a demanda para realização de grandes julgamentos, como o ex-cartorário Maurício Sampaio, acusado de ser o mandante do assassinato do radialista Valério Luiz.