Criada Central Única dos Contadores do Poder Judiciário do Estado de Goiás

Entrou em vigor nesta terça-feira (15), o ato que cria a Central Única dos Contadores do Poder Judiciário do Estado de Goiás. A unidade funcionará eletronicamente para atender todas as demandas da espécie, sendo desnecessário o deslocamento funcional de servidores. A matéria está disciplinada no Decreto Judiciário nº 1.752/2020, publicado no Diário da Justiça Eletrônico, Edição 3072, Suplemento, Seção I.

Ao assinar o ato, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Walter Carlos Lemes, pontuou que “logo após o encerramento do piloto que ocorrerá em Rio Verde e Mineiros, entrará em funcionamento a Central Única dos Contadores, que atenderá a todo o Estado de Goiás, uma vez que as providências derradeiras estão sendo ultimadas pelas áreas técnicas deste Tribunal de Justiça”.

A Central Única dos Contadores integrará a estrutura administrativa da Diretoria do Foro da comarca de Goiânia, a quem fica reservada, em conjunto com a Diretoria de Recursos Humanos, a incumbência de realizar procedimento de seleção específico dos servidores interessados em exercerem suas atribuições junto à referida central, de modo a possibilitar a instalação e o efetivo funcionamento da unidade.

Segundo o decreto, essa seleção será concluída até 15 de outubro próximo, a fim de que os selecionados iniciem suas funções até o dia 20 deste mesmo mês. Poderão participar os contadores judiciários e os servidores que desempenham atribuições próprias de contadoria.